28 de nov de 2011

Como viver na China

Como viver na China
Um guia direto e reto para EPs decidirem o destino de seu intercâmbio

Tópico 1: Porque China?
Tema 1 - Economia:
A China é hoje o país em desenvolvimento que mais cresce no mundo. Sua população de 1,35 bilhões de pessoas fazem do país o “Maior” em muitas coisas: população, consumo de automóveis, exportação, emissão de CO2, construção civil, etc. Além de se contar com o maior centro financeiro do mundo oriental em Pudong em Xangai – Um verdadeiro tesouro para qualquer homem de negócios do mundo. Prosperidade econômica que não se vê em nenhum país da Europa ou América.

Tema 2 - Cultura:
Se você procura por um verdadeiro choque cultural, a China com seus 6.000 anos de história será sua escolha. O contraste entre as torres e templos chineses com os arranha-céus mais altos do mundos estão presentes neste país. Idioma e escrita milenar, comida exótica, trânsito caótico, religião e chinese way to life são ingredientes perfeitos para te causar um enorme choque cultural

Tema 3 – Oportunidade:
A AIESEC na China tem 12% das vagas abertas no mundo (My@net Fev.2010). Isso significa que você tem mais de 450 oportunidades para fazer seu intercâmbio neste país, principalmente se estiver procurando por um DT. São inúmeros projetos de DT na China e de boa qualidade. Posso afirmar!

Tópico 2: Lado BOM da China
Tema 1 – Preço:
Se viver com mil reais por mês em São Paulo é impossível, aqui você vira Rei! A moeda chinesa (Yuan – RMB) é muito desvalorizada e tudo por aqui é muito barato. Para quem conhece a comparação, um BigMc em Shanghai (cidade mais cara da China) custa o equivalente à 3,5 reais. Você também pode comprar uma garrafa de cerveja (600ml) por 0,40 centavos em Beijing. Um almoço na rua sai por míseros 3 reais, já uma janta com frutos do mar num ótimo restaurante chinês custa cerca de 9 reais (com bebida inclusa). Celulares, câmeras e roupas também
estão na lista.

Tema 2 – Ser Estrangeiro:
O Chinês adora estrangeiros e vai fazer de tudo para te agradar. Não se espante se alguém lhe parar na rua e pedir uma foto só porque você é branco ou negro, isso acontece toda semana. A vantagem também está no idioma, você não precisa aprender chinês/mandarim, todas as placas de trânsito, estações de metrô/trem e auto-falantes de ônibus são em inglês! O mesmo nos restaurantes, todos tem menu no idioma inglês e com ilustrações!!!

Tópico 3: Como montar minha mala
Tema1 – Tempo: As estações do ano são muito definidas por aqui!Isso significa que no inverno é frio mesmo!Se você está acostumado com o inverno de 20o em São Paulo, vai bater os dentes com as temperaturas negativas chinesas. É claro que depende da cidade de seu intercâmbio, mas se prepare para estações bem definidas.

Tema 2 – Roupas:
Não traga roupas!Ou melhor, só o necessário para sobrevivência. Sapatos, jaquetas, camisetas e
sweters são muito baratos e você encontra em qualquer lugar. Se for viajar no inverno leve apenas uma boa jaqueta para descer do aeroporto e comprar mais 2 no primeiro Fake-Market da cidade. Ah, treine bastante seu poder de persuasão, pois barganhar aqui é questão de sobrevivência. A regra geral é que você sempre vai pagar 40% do preço
inicial!

Tema 3 – Saúde:
Prepare sua caixinhas de remédios! Comida diferente, clima diferente e doenças diferentes te
esperam. Mas não se assuste! O efeito-China só acontece nos primeiros dias e nada que uma aspirina e um rolo de papel higiênico não resolva.

Tema 4 – Lembranças do Brasil:
O povo chinês desconhece quase que totalmente nosso país. E a primeira coisa que dizem é: Futebol, Rio de Janeiro e Buenos Aires. Por isso, como bons brasileiros, temos que mostrar quem realmente somos! Uma bandeira do Brasil é indispensável Músicas como Samba, Bossa Nova e MPB são bem aceitas. Chinelo Havainas, Guaraná Antarctica, Cachaça. balas de côco e lembrancinhas como fitinhas do Senhor do Bonfim também são utensílhos baratos e podem fazer parte de sua cesta.

Tema 5 - Saudades:
Você sentirá saudades, é claro. Mas depois de sentir saudades da família, namorada, cachorro, você vai sentir saudades de: Queijo (o único queijo que tem por aqui é feito de soja), Chocolate (é muito caro por aqui, talvez a única coisa cara na China), Carne (frutos do mar, vegetais, arroz grudado e macarrão são uma delícia, mas a carne da mamãe faz uma falta danada), Exercícios Físicos (clubes recreativos são raridades e nunca vi uma academia por aqui), Estrelas (É mais fácil encontrar um Panda no metrô que uma estrela no céu, a neblina, luz da
cidade e poluição encobre qualquer estrela, pelo menos em Xangai), Silêncio (construções e trânsito fazem mais barulho que aquele seu tio roncando no sofá da sala), Garfo e Faca (Só em restaurantes italianos, latinos, etc... ou seja: treine o uso de chopsticks!)

Tópico 4: O lado difícil na China;
Tema 1 – Sujeira:
Rios poluídos, ruas sujas e ar pesado. As cidades chinesas não tem lixo espalhado pela rua, mas a
poeira de construções e poluíção do ar são bem visíveis, jamais tome água da torneira ou mesmo filtrada, apenas em garrafas lacradas, se o dia estiver muito seco sinta-se a vontade para usar aquelas máscaras de nariz (você pode comprar umas com desenho de pandas e formato de coraçãozinho, se quiser). Renove suas meias, pois em alguns restaurantes ou casas de família você terá de tirar os sapatos para entrar.

Tema 2 – Trânsito:
Se a luz tiver vermelha páre e se esconda, se a luz estiver verde corra! O trânsito é realmente
maluco!Jamais pense em dirigir por aqui. As buzinas são mais usadas que retrovisores (portanto se prepare para uma orquestra de carros e motos). Você pode ir a qualquer lugar de bicicleta ou moto (e não precisa usar capacete), inclusive na calçada e dentro de grandes lojas populares!Ou seja: olhe para os dois lados antes de atravessar a gôndola do supermercado! Em contrapartida, ônibus, metrôs e trens são extremamente pontuais, e baratos é claro!

Tema 3 – Pimenta:
Se pedir sem pimenta, vem apimentado e se pedir com pimenta, vem mais pimenta que comida. Não adianta dizer que adora comida apimentada, aqui você vai sofrer de qualquer jeito! Mas não se preocupe, basta dizer “wǒ bù xiǎng là” e se acostumar com os pratos.

Tema 4 – Pobreza:
A China tem milhões de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza, mas não adianta dar esmolas a todos os mendigos que você ficará pobre e não resolverá o problema. As pessoas fazem de tudo por centavos (aqueles centavos que você bebeu e vomitou na balada da última sexta-feira). E a quantidade de mendigos é realmente muito grande. Tenha compaixão, mas saiba maneirar.

Tema 5 – Beleza Chinesa:
Desculpe-me às excessões, mas a China não é um bom lugar para encontrar seu/sua
namorado(a). Perfume e pasta de dentes realmente não fazem parte da cesta básica chinesa. E não se assuste se estiver conversando com uma chinesinha e ela der aquela catarrada no chão, ela vai dizer que está purificando seu organismo... E se você gosta de gordinhas, perdeu a viagem, baixinhas, moreninhas e magrinhas estão na moda na China. Sorte sua que a China realiza muitos intercâmbios e provavelmente você sairá com outros 10 gringos para equilibrar a balança.

Tema 6 – Idioma:
Foi fácil aprender inglês, espanhol e francês na escolinha? Pois bem, você não voltará falando
chinês se não morar na China por pelo menos 2 anos, a fonética é muito diferente e além das regras para escrever, cada vogal tem 5 sons diferentes, e tudo depende do acento que você usa! Apenas jovens estudantes e vendedores de fake-market falam inglês, isso siginifica que você deverá se esforçar para aprender falar algo como: “Quanto custa?/ Não quero!/ Ainda está caro/ Posso pagar só 10/ Tudo bem.”

Pedro Graziano
Fevereiro, 2010

5 de jul de 2011

22 de dez de 2010

One year from Shanghai!

One post to my friends...

--
Hello Friends,

December, 20th
: I was leaving the MCP Election at Nat'l AIESEC Conferece in Brazil to have an amazing experience in China... But everything starts earlier... Of course I had to convince my parents that I would travel by an Organization runned by students as crazy as me to a country 28 hours far from home and spend 2,000USD to get in a place I had never though I would live. Ok, everything runned good after all support that the best buddy of the world provided me. Thanks Violet for answer my desperated e-mails about Visa!

Nice, I was finishing my LCP term glad to be part of the best EB Team of the World! I'm really sure I had the best choices and we guys had the best decisions to make AIESEC Ribeirão Preto grow as we planned in the beginner of 2009. If I had the opportunity to be there - in China. You, my EB team are the main responsible for that! Without you, I would probably leave AIESEC and have never had this chance. Thank you all!

I also have never had this chance if my 'mom' Ethel had not organized and leaded a project called Hand on EXPO, hand on Love! Ethel, the first time I cryed outside my country was when you shown us a report about our project on my birthday dinner. If there is someone to be recognized this year, you are this someone. I really believe on you.

One year ago I was not expecting to meet Calvin and his awesome dinners (and beer) - Thanks for the host, clues about China and everything you did! I have never had chance to meet Calum and his fucking energy, I'll never forget our parties, pole dance, Great Wall visit, sleeping at metro station and I'll think twice when I'll take line 7 again... The same for Michael and our travel to Hangzhou. Wen "hippi". I miss you and your boyfriend Jeff - the big bad and crazy wolf! Mascha, thanks for understand me and be patient with me. Do you remember our conversation about dreams? and wonders? But I'm sorry... do you guys believe Mascha has been in Brazil and I didn't meet her? Unracist, I promiss that you will receive your T-shirt! just wait please. Raymond I'll miss you at new years eve! Watching fireworks and playing on the snow! It was awesome! Chrissy, I love you as I love your "bunda". I discovered that you guys from NZ have too much energy! I will never forget our Portuguese classes. Karina, I'll never forget our meeting and when you said: "You are an inspiring leader" I have to say that you have bright in your eyes and it can inspire anyone in the world! Cat, Linda, Cami, Fini, Simone, Chloe, Katie, Danni, Lieke, and everyone I have met in Shanghai - I'm pround to be part of Shanghai EP Family. I love you all!

Hey, my EB members. Do you remember what are you doing one year ago?
Rafa, the greatest man! I'm sure you are big and have a unmensuable potential! - Keep going dude!
Pinguim, you were not working as a trainee from a multinational company;
Gui, you were not in Hungry
Nay, you were not in India
Caneca, you were not in Argentina
Daniel, your were not in Holland
Pata, you were not in Turkey and I'm sure our fight brough us experience. You made me grow! This is why I would say "Thank you" forevever!

Now I'm an alumnus, and currently working on my own business "ACG Business Partners". This is the life I want for me - with you, my friends.

You are part of my life, and If now I love China, I love you all!
Thanks for changing my life! I'll never forget you.

5 de out de 2010

THE WAY YOU SELECT YOUR TEAM

Boa noite pessoal, essas últimas semanas intensas de eleições, inclusive na AIESEC, fizeram ressurgir uma teoria que desenvolvi ao longo de minha experiência de liderança no ICAS, CJ e AIESEC sobre a maneira como as pessoas devem (ou pelo menos deveriam) selecionar as pessoas com quem vão trabalhar - seu time.

A primeira vez que conclui o pensamento e o passei adiante foi durante minha transição com o então LCP eleito da AIESEC RP Daniel Caramori em 2009 e expliquei mais ou menos assim:

Há 2 maneiras de se selecionar um time: a) por PERFIL ou b) por C.H.A. As quais são fortemente utilizadas pelos escritórios da AIESEC do Brasil e do mundo.

PERFIL - A seleção por perfil tem sido muito utilizada na AIESEC (nos últimos 2 anos) e tem restringido a decisão do líder apenas às características pessoais de seus possíveis liderados.
A seleção por perfil leva em conta a hormonia e estabilidade da equipe de trabalho que o líder deseja ter durante o ano, pouco importando as competências técnicas e conhecimentos dos candidatos.

Líderes com esse perfil não quer, por falta de experiência e/ou vontade, se preocupar em gerenciar conflitos, motivações, relacionamentos pessoais e desempenho de time, focando sua gestão no tracking de atividades funcionais, treinamento e desenvolvimento de seus liderados, tracking de operações e foco no resultado funcional. Por isso o líder precisa ser orientado para a tarefa, buscando sanar a deficiência de seus liderados em conhecimento técnico e motivacional. Este time iniciar-se-á com ótimo relacionamento por definição e pouco vai requisitar as habilidades de gestão de time e de pessoas de seu líder.

São características de um líder que seleciona por perfil: conhecimento sistêmico muito desenvolvido, pouca habilidade de gestão de times e pessoas, orientação forte para resultados e habilidades de treinamento e desenvolvimento.

Os principais riscos envolvidos nesta escolha será de um ou mais elementos do time sofrer alguma variação de motivação e passar a não mais contribuir com as relações interpessoais desejadas dentro do time, enfraquecendo o empowerment do time, dificultando comunicação e forçando seu lider entregar habilidades de gestão de times e pessoas - que não é seu forte. Além disso, o time fica extremamente vulnerável às mudanças e variações do ambiente, pois não é possível blindar o ótimo relacionamento interpessoal das pessoas e nem garantir que o perfil de um determinado elemente vai se manter constante frente às diversas transformações e motivações internas e externas durante o termo de trabalho

É fácil identificar o modelo buscado pelo líder no momento de sua seleção. O líder que seleciona por perfil vai aplicar um teste de perfil ou personalidade como o famoso (e super questionado) Teste Belblin, e vai fazer perguntas buscando entender os principais pontos fortes e fracos do candidato, sua habilidade de trabalho em equipe, relacionamento e aceitação quanto à subordinação do líder. Também não será surpresa se o candidato à vaga de finanças for escolhido para trabalhar em recursos humanos e nenhum dos 3 candidatos a finanças ou operações forem escolhidos em primeira fase.

Portanto, um líder ao escolher o modelo de seleção por perfil e prestes a selecionar seu time ciente do risco e instabilidade que terá para seu mandato, poderá desenvolver habilidades e competências como: Coaching, Treinamento e Desenvolvimento, Pensamento Funcional, Foco em Tarefa e Operações e Tracking.

C.H.A. - A seleção baseada em Competências, Habilidade e Atitudes foi muito utilizada na AIESEC e vem sendo subutilizada nos últimos anos. Os líderes que optam por esse modelo prezam pelo princípio de que as pessoas precisam carregar consigo as competências funcionais iniciais e possuir valores pessoais, potencial de desenvolvimento de competências e bom histórico de atitudes e comportamento para fazerem parte de sua equipe.

O líder que seleciona por C.H.A. não vai se preocupar em ensinar o diretor financeiro a construir um planejamento de investimentos (mesmo porque ele nem sabe como fazer) mas confia nas habilidades e competências de seu escolhido para assumir tais tarefas. Por isso, o líder precisa ser focado em Gestão de Pessoas, e como o oposto do citado anteriormente, deverá se dedicar em construir um time coeso e criar bons relacionamentos interpessoais para favorecer um ambiente de solicitude e empowerment, mesmo que isso lhe custe muito tempo e lhe cause stress.

O líder que opta por esse modelo de seleção está ciente que seus liderados sofrerão diversas alteração de perfis e motivações ao longo do tempo e estará, acima de tudo, atento para lidar com tais diferenças a fim minimizar conflitos e manter seus liderados focados em suas tarefas. Seria como se o líder tomasse 90% da responsabilidade de gestão para si, sofrendo com todas as interferências que podem prejudicar a sua gestão.

São características deste tipo de líder: Ótima gestão de pessoas e times, Resiliência, Comunicação, Pensamento Estratégio e Sistêmico, Inspiração e Foco em Pessoas e Qualidade.

Também é fácil de identificar um líder com esse perfil. Em seu processo de seleção ele analisa os candidatos por competências (como o famoso GCM - o antigo), nível de comprometimento, variação de motivação e atitudes e comportamentos passados. Se fosse possível, o líder simplesmente apagaria os nomes das fichas de aplicação e fazia suas entrevistas com luz apagada, a fim de identificar a essência e competência dos candidatos e evitar selecioná-los por pré-conceitos ou perfis aparentes. Por isso, não é de se assustar se o líder escolher para compor seu time duas pessoas que não se suportam ou que ele mesmo não se identifica, afinal, seu principal desafio não será funcional, mas será fazer das diferenças das pessoas suas principais motivações para realizarem um trabalho focado com objetivos claros e resultados tangíveis.

Este líder desenvolverá, ao longo de seu trabalho, habilidades de Gestão de Pessoas, Solução de Conflitos, Formação de Time, Empatia, Negociação, Controle e Estabilidade Emocional e, claro construirá novas e fortes amizades e contatos.
___________

Para exemplificar a teoria, sinto-me confortável em classificar algumas das últimas seleções da AIESEC entre os modelos acima apresentados.

Vejamos a seleção do próprio EB 2010 - Totalmente focado em perfis. Foram 4 candidatos eleitos para 2ª ou 3ª opções, e a formação de um time que já em Janeiro se apresentava como coeso e em harmonia perfeita mas que sofreu com variações internas e externas.

O EB 2009 foi selecionado por C.H.A. os candidatos foram escolhidos por um método quantitativo que mensurava as principais competências e motivações de cada um. Os problemas interpessoais e de comunicação eram constantes o que trouxe, inclusive, muito aprendizado.

O MC 2010/2011 também é exemplo de escolha por perfil, trazendo elementos alinhados com as propostas e perfil do líder. As vantagens e desvantagens serão mais claras ao final da gestão.

E sobre o EB 2011 da AIESEC RP? Alguém se arrisca a apontar o modelo escolhido pela Vanessa?

14 de set de 2010

Água e Energia

Caros amigos,

Há algumas semanas venho pensando e construindo uma teorica própria sobre como é formada a essência das coisas e pessoas. Tento imaginar se é possível explicar, de maneira bastante simplificada, a complexidade e natureza das coisas.

E em uma ótima oportunidade, enquanto preparava meu Suco da Luz da Vida, me peguei pensando na beleza e riqueza das frutas e vegetais. Como pode uma árvore de casca e folha gerar uma maçã, por exemplo? De cor, suco e gosto atraentes? O mesmo tenho imaginado sobre meus amigos e meus não-amigos. Se todos foram gerados a partir de células e tecidos, como é possível se amarem e se matarem?

Pensando nisso, descobri que Demócrito mandou muito bem na sua teoria de que o cosmo é formado por duas coisas, o sim e o não, ou a matéria e não-matéria... Mas eu vou mais além.

Digo que o mundo é formado por Água e Energia. Partindo deste princípio, posso afirmar que todas as coisas podem ser graduadas em uma escala de água e energia em seus extremos. Veremos:

Se, nesta régua, optarmos pelo extremo da água, veremos nada mais que a própria água, fria, incolor, inodora, calma e pura. Como o mais novo recém-nascido do momento, onde a porcentagem de água em seu corpo pode chegar a 81%, assim como sua pureza e serenidade. Quem não se sente pisando em nuvens quando está a beira de uma bela lagoa?

O mesmo pode ser aplicado ao outro extremo - da energia, onde temos, por exemplo, o Fogo! Não há manifestação de energia, vibração, competitividade, calor e crescimento mais intensa que o fogo.

Vejamos outro exemplo, um fruto: A melancia. Uma melancieira é uma planta rasteira, que cresce sobre a terra, ou seja uma estrutura orgânica de massa pequena - deve pesar menos de 5kgs e é capaz de gerar frutos com o dobro de seu peso. Isso demonstra que uma planta passa dias, semanas e meses recolhendo água do solo e energia do sol para formar um concentrado destes elementos que tanto dão vida à natureza. O que acontece quando uma árvore não tem água suficiente? ela seca, perdendo o equilíbrio da escala "água-energia" e fica mais vulnerável ao consumo do agora vilão, fogo.

Fogo e Água não se misturam, se complementam em proporcões ideais de energia e água para construirem estruturas tão complexas como o ser humano, e ainda sim, há diferenças entre as pessoas.

Se todos nascemos mais próximos do extremo água, o que seria, então, o causador de movimento e amadurecimento de nossos corpos e almas? - Digo que é a maneira de como nos alimentamos, ingerindo muito mais energia do que água. Não pense em alimentar-se como expressão de comer, pense em alimentar-se espiritualmente, auto-alimentar-se, pense nas tuas ações e seus pensamentos. Somos hóspedes de um sistema sócio-econômico que glorifica o consumo de energia na intenção de acúmulo e desperdício. A competitividade das corporações, a luta por espaço entre as família e até mesmo entre as religiões demonstram o desespero das pessoas pelas energias uns dos outros. Quantas pessoas não passam diariamente por lugares lindos, árvores belas, esculturas maravilhosas, alimentos vistosos e nem sequer prestam atenção?

Há pessoas pobres de água e com sede de energia de outras pessoas, e há pessoas ricas em água com energia que se dissipa por seus olhares, palavras e gestos. Estas últimas são pessoas que se elimentam de vida, que utilizam a energia para fazerem vibrar suas moléculas de água, os fazendo ainda mais evoluidos e conscientes.

O tempo é igual para todos, e como diz o ditado "A mosca e a tartaruga não sabem da existência uma da outra - para a mosca a tartaruga é uma pedra, para a tartaruga, a mosca simplesmente não é."

Por isso sigo e defendo a ideia da formação do cosmo em Água e Energia, com equilíbrio, é claro, e a cada dia pensando do que seria o mundo se só houvessem moscas ou tartarugas e o que posso fazer para que energia e água fiquei em equilibrio, dentro e fora de mim.

Faça sua parte também!

19 de abr de 2010

Dear Diary (Day 0)

Word of the day: (COLD)

"I arrived in Shanghai at 4:50pm and It's night! Yes, the day runs from 8:00am to 4:30pm. It's really cold here (about 0ºC) and the air was dark, really dark!
After one hour in the traffic with Violet (my buddy) I met my flatmattes!... Jeff, Calum and the girl from Russia (Mascha). They look friendly - I hope so.

I'll sleep in a bedroom with four other guys. The Trainee's House has 4 rooms: Men's, Women's, Notebook's and Kitchen... It appears safe, but durty. There is no space in the rooms and the toilet is terrible!. But it's Ok! - One expectation attended! ;)

At night, we went to a chinese restaurant close to home. In the menu I found: Bullfrog and pork's intestine, but I had a simple chicken, mushroom and rice of course. I pais 23,ooY for that (almost 6 reais)

After dinner we went to the Mall (there are 5 here - 200m from my flat!!!) and I bought some tea, some chocolate, a fruit (Pitaia), a SIM chip and a mobile charger.

At home, again, I tried to install the webcam, but it didn't work (I don't know why!) , I tried to use my new SIM chip in my mobile, and I failured again... and, at least, I tried to recharge my mobile but, I failured again. Well, before go to the bed I tried to connect on the internet and... you know what happened [:-/]

It's 00:15am and I'm going to sleep... See you tomorrow"

16 de abr de 2010

Dear Diary (Day -1)

Yesterday night, a friend said to me: "Pedro, why don't you publish the Diary you did in China? It looks so interesting..."

And here I am. I won't post all days I lived in China, but there will very interesting posts... Enjoy it.

"MY EXPECTATIONS"

* Learning some word in Chinese, and be able to write them
* Improving my fuckin' English, talking with everybody, during all the time
* Understanding what's the meaning (for Chinese people) of these words:

1. Environment/Nature
2. Consuption
3. Personal relationship
4. Sexy
5. Pollution

* Having different foods and drinks
* Discovery AIESEC in China
* Be relevant to EXPO Project and friendly with every members
* Exploring Shanghai, China and EXPO Event
* Travelling to enjoy and celebrate the New Year
* I also expect an warn reception from AIESEC Fudan
* Awarness from everyone I'll be in contact
* Be available to walk on the street and meet the chinese people
* Having time to work on NFT 2010
* Teaching the most quantity of Chineses and trainees about my country, my culture and myself.


It's all.